Editor's Rating

9.5
NOTA

 

ISSO AQUI É DIGNO DE OSCAR! Bats.

Essa é uma das frases utilizadas na mais nova produção da Sony e Tristar Pictures, Em Ritmo de Fuga (Baby Driver), que pode ser parafraseada para o descrever com perfeição. Ele também foi descrito pelas produtoras como “O filme mais legal e descolado do que você já viu!”, e particularmente, é verdade. Pois percebemos toda uma atmosfera de ação, mas dinâmica, que é acompanhada em cada movimento por uma trilha sonora meticulosamente pensada para praticamente cada movimento que se faz. A direção e roteiro ficam por conta do conhecido e bem elogiado Edgar Wright de Scott Pilgrim contra o Mundo (que também tem essa pegada mais inusitada e uma vibe geek por remontar um contexto das HQ’s) e prometem (quer dizer, cumprem!) fazer com que você não desgrude um minuto sequer da telona.

O filme conta a história de Baby (Ansel Elgort) que quando criança sofreu um acidente onde perde os pais e fica com uma sensibilidade auditiva, fazendo com que precise ouvir música o tempo inteiro impedindo alguns zumbidos incômodos em seus ouvidos. Ele é o ágil, charmoso e jovem motorista da gangue do genial e ardiloso Doc (Kevin Spacey) e acaba sendo considerado o seu “amuleto da sorte”, pois nenhum dos roubos havia dado errado, até o momento em que eles resolvem assaltar os Correios de um dos bairros mais movimentados de uma cidade que remonta o contexto de uma grande metrópole.

No elenco temos também as participações de Lily James como Deborah, a garota dos sonhos de Baby, Eiza González como a sensual Darling (e uma das personagens mais fodásticas, diga-se de passagem), Jon Bernthal como Griff, John Hamm como Buddy, Jamie Foxx (que não está em um dos seus melhores papéis, mas rende tiradas cômicas/inteligentes maravilhosas) como Bats, os quatro fazem parte da gangue de Doc em diferentes missões.

Uma das grandes sacadas do roteiro (como já foi mencionado) é a sincronia das músicas de ambientação, que traz grandes clássicos do soul, rock e hip hop, com praticamente cada movimento executado pelos personagens. Nas cenas de ação é que se percebe bem essa característica que pode (e DEVE) trazer alguns prêmios para a produção. Sem falar das atuações impecáveis, num geral. Percebemos também um Elgort mais destemido e sagaz, a pesar de seu personagem ser mais bem contido em alguns momentos. Um destaque (positivo) para o elenco é a participação da cantora americana, mas com ascendência brasileira e portuguesa Sky Ferreira no papel da mãe de Baby, ela aparece em alguns flashbacks que o personagem tem no decorrer da trama.

É com esse clima bastante descolado, musical e dosado com pistadas de ação em grandes momentos que Baby Drive: Em Ritmo de Fuga tem sua estreia brasileira no dia 27 de Julho, mas em alguns circuitos cinematográficos já foi ovacionado pelas audiências que conferiram. Abaixo você pode ver o pôster e os trailers do filme para que possa sentir um gostinho do quão espetacular ele é!