Editor's Rating

9
NOTA:

Netflix e Dreamworks apresentam, ou melhor, reapresentam, Volton.

O desenho é um remake do clássico das manhãs de domingo “Voltron, o defensor do universo”, título inclusive que foi usado no Brasil, onde a série foi lançada em vhs no final dos anos 80. Com uma formula muito parecida de séries japonesas do gênero “Tokusatsu” (Power Ranger ¯\_(ツ)_/¯) a série agradou diversas crianças de uma geração e recentemente foi homenageada no filme “Deadpool”  no qual o herói consegue trocar pontos adquiridos em um fliperama por um anel da série.
A serie segue a mesma linha do desenho clássico, 5 jovens terráqueos, cadetes da academia de pilotos acabam descobrindo um sinal  de comunicação alienígena, e enquanto buscam mais informações a respeito descobrindo um gigantesco leão mecânico que ao ser tocado os transporta para outra galáxia no planeta Arus,dão de encontro com a Princesa Alura e o comandante de nave Koran. Em meio a apresentações e explicações do que significa o sinal e também aquela gigantesca maquina, nossos heróis descobrem que um conflito inter-estelar está em curso, Zarkon, o imperador dos Galra está prestes a dominar toda a galáxia e a unica coisa que pode impedir é Voltron.
Para impedir o avanço das forças de Zarkon, o imperador do Galra, os  terráqueos contam com Voltron, uma magnifica maquina de combate criada pelo pai de Alura a partir de um mistico meteoro. Voltron é composto por 5 leões coloridos, Preto (forma cabeça e torso), Vermelho e Verde (formam os braços), Azul e Amarelo (formam as pernas).
As maquinas possuem “vida” ou pelo menos algum tipo de consciência, e escolhem seus pilotos, criando um elo entre eles. Os pilotos agora são “Paladinos de Voltron” e, juntamente com seus leões recebem as “bayards”, ou armas do paladinos, que também são usadas para pilotar e acionar novas armas dos leões.
Conforme a trama se desenvolve, novos poderes e habilidades são habilitadas pelos paladinos, que vão desde novas armas para  Voltron, como dispositivos também para seus leões. A série está atualmente no meio de sua 3 temporada e tem feito grande sucesso de critica estando presente até mesmo na San Diego Comic Con de 2017 com painel próprio.. e um food truck temático.
Com uma trama envolvente e uma história divertida de se acompanhar, fazendo até mesmo referências e homenagens a série clássica dos anos 80, o remake desse clássico garante horas de diversão e nostalgia, repletos de mistérios, reviravoltas e claro, muitos robôs gigantes!
Matéria escrita por: Eugênio Di Lorenzo Furbeta.
Confira os trailers nos links abaixo: