Editor's Rating

História confusa e misteriosa, promete ficar na mente do telespectador por dias.

7
Vale o ingresso

 

Em ‘Mãe!’, a relação de um casal, vivido por Javier Barden e Jennifer Lawrence, é testada quando estranhos chegam à sua casa e atrapalham a tranquilidade de ambos. “Mãe!” é um suspense psicológico sobre o amor, a devoção e o sacrifício.

 

O filme tem o toque de outros trabalhos do diretor: polêmico, confuso e perturbador.

Diversas teorias a respeito da história são criadas na tentativa de identificar a mística dos acontecimentos que se sucedem na casa onde vive o casal. Teorias bíblicas, demônios, alguns profissionais de psicologia chegaram a pontuar os acontecimentos do filme como parte de um surto psicótico de algum dos personagens.

 

Assim como a personagem principal, vivida por Jennifer Lawrence, que por diversas vezes parece inebriada ou até mesmo perdida, por não conseguir acompanhar a velocidade com que os fatos ocorrem a sua volta, o espectador também pode ficar confuso com o desenrolar da história.

O único que parece entender e até se envolver com os acontecimentos que surgem é o personagem vivido por Javier Barden. O filme também conta com a participação de Ed Harris e Michelle Pfeiffer.

As boas atuações compensam o aspecto meio sombrio e confuso do filme, cujo enredo promete deixar os espectadores pensativos e até, quem sabe, perturbados, durante dias.

 

Com distribuição da Paramount Pictures, o filme chega aos cinemas brasileiros em 21 de setembro.