Editor's Rating

7.5
NOTA

Originalmente publicado em 2011, Sete Minutos Depois da Meia-Noite, do escritor americano-britânico Patrick Ness, narra a história de Conor O’Malley, um garoto de 13 anos que, apesar da pouca idade, está com muitos problemas na vida. E quando falo muitos problemas, são muitos problemas mesmo.

Sua mãe está muito doente e enfrenta vários tratamentos que não parecem trazer nenhuma melhora, seu pai é totalmente ausente, sua avó parece não nutrir nenhum carinho, na escola ele é o alvo de todas as chacotas e bullying, tem tido pesadelos horríveis e para completar, toda noite pontualmente às 00:07, um monstro o visita para contar histórias sem nenhum sentido.

Lançado no Brasil pela Editora Novo Conceito, o livro nos revela ao longo de suas 160 páginas o quão difícil é nos libertarmos de nossos medos e seguir em frente.
A presença do monstro na história pode ser encarada como uma analogia a várias coisas na vida real, mas que foram brilhantemente agrupadas e apresentadas na forma de um gigante em forma de arvore.

A obra pode ser caracterizada como um Drama um pouco Fantástico, puxando bem mais para o lado emotivo. Os acontecimentos vão acontecendo de forma sucessiva desde o primeiro capitulo, tornando a leitura muitas vezes rápida e angustiante, porém, acredito que isso não seja algo assim tão negativo.

Sete Minutos Depois da Meia-Noite, pode ser uma leitura para uma viagem rápida ou quem sabe um Domingo entediado. Com certeza não é algo que te fará deitar em posição fetal e chorar, embora tenha seus momentos de bastante apelo emocional.