Com o fim das férias, as leituras acabam sendo colocadas em segundo plano com a volta da rotina. Mas, nós reunimos sete livros que trazem conhecimentos e ajudam a voltar aos poucos para a rotina de estudos e trabalho.

1- Yaqui Delgado quer quebrar sua cara – Meg Medina

Um livro sobre a realidade do bullying numa escola é o tema principal desta obra. Piddy Sanchez, protagonista do livro busca formas de conciliar a mudança de escola, o novo trabalho e agora, tenta lidar com bullying que passa a sofrer na sua escola. Buscando formas de lidar com esse problema, a trama se desenvolve através de um verdadeiro passeio de autodescobertas e de princípios morais. Além de tratar, de forma muito sensível, a importância de se manter fiel ao que acredita durante os problemas enfrentados.

2- Simon vs a agenda homo sapiens – Becky Albertalli

Simon, jovem e gay, passeia pela autodescoberta pessoal no mundo e ainda não tem coragem de assumir sua sexualidade. Na trama, ele passa trocar e-mails com um misterioso jovem que tem o nome virtual de Blue, eles se aproximam cada vez mais e Simon passa a gostar cada vez mais dessa relação que estão começando. Até que um dia, um garoto chamado Martin encontra esses e-mails e passa a chantagear Simon. Ao longo da história, Simon precisa achar um jeito de lidar com as ameaças e com as mudanças em sua vida, além de buscar uma forma de sair de sua zona de conforto e enfrentar uma nova história.

3- Caixa de pássaros – Josh Malerman 

Nessa obra de Thriller psicológico, é explorado o sentimento de agonia do leitor numa mistura de horror e apocalipse. Tudo começa quando o homem vira o próprio monstro da história, e só de ter o sentido da visão, ele causa o caos, matando todos ao seu redor e cometendo suicídio depois. A solução encontrada após o caos estar instalado foi a convivência com o uso de vendas. O livro fala sobre os dias antes do caos ser instalado no mundo e depois foca na vida de uma protagonista e nas adaptações que ela teve que enfrentar ao não poder mais enxergar nada para evitar desastres maiores, mas que continua buscando abrigo para seus filhos confiando apenas em sua audição e imaginação. Claustrofóbico e angustiante, trata do caos humanos e dos mistérios psicológicos que falam da alma humana.

4- Tartarugas até lá embaixo – John Green 

O livro conta a história de uma jovem chamada Aza Holmes, que tem 16 anos e possui TOC (transtorno obsessivo compulsivo). Ela descobre que um milionário desapareceu e que quem o achasse, ganharia uma recompensa, e decide embarcar nessa jornada com sua melhor amiga. O livro cria um sentimento de agonia devido ao seu transtorno e nos faz refletir bastante sobre limites, amizades, encontros surpreendes e momentos inesperados pela vida. Um livro sensível e impactante.

5- A segunda Pátria – Miguel Sanches Neto

A segunda Pátria trata de um cenário alternativo, em que Getúlio Vargas declara apoio aos nazistas na Segunda Guerra Mundial. Nesse contexto, é declarado que os países do Sul do Brasil, com a grande presença alemã, pode viver o contexto do nazismo, como o racismo, o antissemitismo e eugenia. O livro deixa em evidência a vida de um homem negro, que é condenado criminoso por ser negro, e ao desenrolar da história, sua vida cruza com a de uma jovem sedutora que segue todos os conceitos da superioridade ariana. O livro mostra uma paixão intensa e proibida num contexto que não foi real na história do Brasil, mas não deixa de fazer sentido e ser plausível.

 

6- O mundo de Sofia – Jostein Gaarder

Nesta obra, Sofia, nas vésperas de seu aniversário de quinze anos começa a receber cartões postais anônimos que fazem questionamentos que precisam de uma aprendizagem filosófica, e essa é a intenção do livro. De forma leve, a cada capítulo, o livro transforma as cartas para Sofia numa verdadeira viagem pela história da filosofia ocidental ao mesmo tempo em que leva a história para um rumo inesperado na vida de Sofia.

 

7- FangirlRainbow Rowell

Confira aqui nossa resenha.